Educação Financeira: dos 20 aos 30 anos

Dos 20 aos 30 anos é momento em que muita gente entra no mercado de trabalho, se casa, tem filhos e, por que não, começam a investir. Já dos 30 aos 40 anos geralmente é momento de ganhar mais dinheiro e investir na família. Após os 40, as pessoas devem aumentar suas rotinas de cuidados com a saúde, além de se preocupar com seus pais.

O site Learnnvest, especializado em Finanças, listou várias dicas de projetos para serem aplicados nestas faixas etárias. Veja as melhores entre 20 e 30 anos:Crie uma reserva de emergência
Quando se é jovem, pode ser assustador poupar grandes quantias para casos de emergência – como a perda do emprego, no entanto, pode ser uma alternativa salvadora. O Learnvest recomenda que o jovem nesta faixa etária poupe uma quantia referente às despesas de seis meses em uma conta poupança, a fim de um dia ser usada para imprevistos.

Acabe com suas dívidas do cartão de crédito
É fácil entrar em dívidas no cartão de crédito, principalmente quando se tem entre 20 e 30 anos. No entanto para se ter uma década de boa saúde financeira, sem dores de cabeça com dívidas, é preciso acabar com os gastos desnecessários e não acumular dívidas no cartão.

Tenha o trabalho que você ama
O Learnvest também sugere que os jovens entre 20 e 30 anos aproveitem esta década para unir trabalho e amor, ou seja, fazer aquilo que sempre sonharam, pois é uma época em que dificilmente haverá grandes obrigações financeiras. O site ainda completa dizendo: “Este trabalho dos sonhos vai lhe fazer financeiramente inseguro? É por isso que você precisa criar um fundo de emergência!”.

Tenha uma previdência privada
Para quem está na casa dos 20 anos, a previdência parece ser um longo caminho. Para o Learnvest, “o tempo é seu melhor aliado”, sendo assim, segundo o site, se uma pessoa abrir uma previdência privada e se aposentar aos 65 anos, viverá tranquilamente até os 90.

Faça a viagem dos seus sonhos
Para o Learnvest, mesmo se a pessoa esteja em um período de muita “ralação”, é importante aproveitar o máximo da vida. Em vez de colocar sua viagem nos cartões de crédito ou nas costas dos pais, o jovem deve se planejar financeiramente para fazer isso sem a ajuda de ninguém. “Não se preocupe se você tiver que esperar um pouco antes de realizar um sonho destes, pois quando for realizá-lo, irá aproveitar ainda mais”.

Fonte: Economia Uol

Etiquetado , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: