Educação Financeira: Férias – é necessário planejar com antecedência!

Muitas famílias que queriam viajar durante as férias de julho já perceberam que não terão condições financeiras de realizar esse desejo, restando duas alternativas: ou adiar os planos para outra data, possivelmente fim do ano, ou se endividar, entrando em um caminho que dificilmente conseguiram sair.

Com certeza ninguém vai querer optar pela segunda opção. Então é interessante iniciar planejar imediatamente as próximas férias, para quando chegar o período não ficar diante do mesmo problema. O ideal é pensar na próxima viagem o quanto antes, assim os impactos dos valores gastos são muito menores. Para o período do meio do ano não tem mais jeito, terão que se ver contentar com diversões mais baratas, como visita à cidades próximas ou pontos turísticos na própria cidade.

Entretanto, para quem pretende fazer o planejamento para o fim de ano, é necessário cotar desde já os valores, devendo parcelar esses valores com antecedência, o que fará com que na hora de viajar essa preocupação não esteja mais nas cabeças, podendo aproveitar sem maiores traumas.

Um alerta é importante, além do custo da viagem, é necessário o planejamento com gastos extras que sempre acontecem nesses períodos, como compras de lembranças, alimentação, passeios, saídas noturnas, dentre outros. Lembre-se de elaborar um roteiro dentro da sua realidade financeira, esse passeio deverá ser definido junto com a família, explicando os motivos de possíveis limitações dos gastos.

Motivos certos de problemas nesse período são os abusos com cheque especial e cartão de crédito, pois, o uso descontrolado terá como efeito o endividamento com juros muito altos. E é preciso contar também no planejamento com os excessos com o telefone, que aumenta muito em função dos interurbanos.
Mas, o ponto mais importante que todos devem ter em mente é que a diversão não depende apenas do dinheiro, e sim das pessoas que estão com vocês nesses momentos, existem férias que se gasta muito e mesmo assim ela se torna um pesadelo, em contrapartida, pode ser muito divertido fazer programas baratos, principalmente, próximos das pessoas que realmente se gosta.

Fonte: Reinaldo Domingos – educador e terapeuta financeiro. Também é autor dos livros Terapia Financeira e O Menino do Dinheiro – (Editora DSOP: http://www.editoradsop.com.br), e criador da Metodologia DSOP – Educação Financeira – presidente da DSOP Educação Financeira – (www.dsop.com.br).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: