Saúde e Bem Estar: Estresse e Ansiedade, como reconhecer!

Ansiedade é uma reação biológica do ser humano que antecede momentos de perigo real ou imaginário.

Acredita-se que vivências interpessoais e problemas na primeira infância podem ser causas importantes da ansiedade. Existem ainda causas biológicas como anormalidades químicas do cérebro e distúrbios hormonais.

Quando a ansiedade atinge níveis elevados ou se apresenta como depressão ou timidez, impede que a pessoa desenvolva seu potencial intelectual, drena a sua energia mental, eventualmente o impede de dormir e relaxar e bloqueia o aprendizado, não apenas na educação tradicional, como também na inteligência social.

Como reconhecer a ansiedade

As pessoas ansiosas tem um grande número de sintomas, muitos dos quais vêm do estímulo do sistema nervoso, que controla o reflexo ataque-fuga, por exemplo:

  • Dores de cabeça
  • Distúrbios gástricos (náuseas e diarreia)
  • Tensão, rigidez muscular e dores no corpo
  • Fadiga
  • Insônia
  • Falta de ar
  • Sensação de picadas nas mãos e nos pés
  • Dificuldade para se expressar
  • Instabilidade e sensação de desmaio
  • Dores no peito e palpitações
  • Boca seca
  • Contrações e tremores incontroláveis
  • Dificuldade de engolir
  • Leve tontura ou vertigem
  • Sensações de impotência
  • Dificuldade de concentração
  • Prevenção e tratamento

A aprendizagem e implementação de estratégias de autoajuda são suficientes para muitas pessoas com transtorno de ansiedade generalizada melhorarem. No entanto, existem muitas outras pessoas (dependendo do estado avançado do problema) que necessitam de terapia psicológica adicional e suporte para resolverem o problema.

O tratamento é feito com psicoterapia e medicamentos. Logo após a estabilização do paciente, pode ser prescrito um remédio para controlar sua ansiedade. Porém, sempre é muito importante que o paciente tenha acompanhamento médico, pois esses medicamentos são controlados.

A chave para a mudança dessa sensação é aceitá-la plenamente. A sua ansiedade é uma consequência dos seus pensamentos, forma de agir e crenças. Se você enfrentar o que lhe provoca receio, tanto a sua ansiedade como o seu medo irão diminuir. Se isolar nunca será a solução, não subestime o benefício de algumas pessoas que você pode confiar: quando a ansiedade chegar, desabafe com estas pessoas.

A prevenção e o tratamento da ansiedade pode ser a busca de um estilo de vida saudável e equilibrado, com momentos de relaxamento, respiração profunda algumas vezes durante o dia, prática de esporte e hábitos alimentares saudáveis. Coma hidratos de carbono como os cereais integrais, frutas e legumes, reduza a quantidade de açúcar refinado, evite a ingestão de cafeína, álcool, cigarro, entre outras substâncias estimulantes e procure exercitar-se regularmente!

Estresse

Estresse é a resposta do organismo a determinados estímulos que representam circunstâncias súbitas ou ameaçadoras. O nosso corpo está preparado para sentir estresse e reagir. Ele nos mantém em alerta para evitar o perigo.

O estresse pode ser causado por algo que requer uma adaptação ou mudança no nosso meio habitual, reagimos a estas mudanças com respostas físicas, mentais e emocionais. As dificuldades de lidar com as pressões do dia-a-dia, problemas financeiros, questões familiares, violência urbana, problemas no trânsito, mau relacionamento com vizinhos, possibilitam o aparecimento do estresse.
O estresse pode manter as pessoas mais atentas e estimuladas, porém, se for persistente, cria angústia, tensão e receio de falhar.

Quando o sintoma de estresse perdura por muito tempo, provoca cansaço, tensão física e mental e os mecanismos de defesa passam a não responder de forma eficaz, aumentando assim a possibilidade do aparecimento de outras doenças (hipertensão, dores crónicas, exaustão, perda de concentração). E quando atingem níveis excessivos, o estresse pode mesmo ser o maior responsável por situações depressivas.

Prevenção e tratamento

Após o diagnóstico de um quadro de estresse, o indivíduo afetado precisa aprender a controlar seu humor e procurar manter pensamentos alegres e positivos. Uma vida saudável e equilibrada, com atividade física, lazer e terapias (se recomendadas pelo médico) também podem ser importantes aliados na contenção do estresse.

A alimentação é sempre um fator que contribui com o bem-estar geral das pessoas. A ingestão de fibras, grãos, frutas e verduras faz com que o corpo e a mente funcionem melhor. Algumas variedades de chás, leite e castanhas têm efeito calmante, por isso seu consumo é recomendável.

Reduzindo a ingestão de bebidas alcoólicas, produtos que contenham muita cafeína e eliminando o cigarro certamente a vida fica mais leve e o corpo agradece!

Fonte: Equipe médica Admix

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: